Notícias

Proposta prevê doação à OSID através da conta de luz

Proposta prevê doação à OSID através da conta de luz

Tudo indica que em breve os baianos poderão, se assim desejarem, dar sua contribuição ao legado de amor e serviço da Bem-Aventurada Dulce dos Pobres também através da conta de luz. A proposição foi feita pela diretora presidente do Grupo Neoenergia, Solange Ribeiro, e pelo diretor presidente da Companhia de Eletricidade do Estado da Bahia (Coelba), José Roberto de Medeiros, na última quinta-feira (1º), durante visita às Obras Sociais Irmã Dulce (OSID). A possibilidade da doação na conta está em estudo e ainda não tem um período definido para passar a vigorar, mas a ideia é que possa ser de qualquer valor e que esteja sempre atrelada à vontade de cada consumidor em ajudar a instituição do Anjo Bom. De acordo com Solange Ribeiro, a iniciativa busca atingir os cinco milhões de consumidores de energia na Bahia: “As pessoas, através da conta de luz, vão poder contribuir, com um R$ 1, que seja, com essa obra, e espero que isso possa, num primeiro momento, fazer a diferença”.

Admirada com a dimensão dos serviços prestados pela OSID, a presidente da Neoenergia disse que o gesto da freira baiana precisa ser apoiado: “Irmã Dulce é o que podemos chamar de empreendedora social, porque não se conformou com o que viu. Nos deixa um exemplo, uma força, e só nos resta continuar esta obra. Estou extremamente encantada não só com o trabalho iniciado por ela, mas pela fundação em si. É muito importante no Brasil você ter esse tipo de entidade trabalhando de uma forma tão eficiente e organizada”.

O presidente da Coelba também falou de sua satisfação em poder contribuir com o legado das Obras, uma instituição cuja essência está no atendimento ao pobre, ao doente, ao mais necessitado. Segundo José Roberto de Medeiros, a companhia irá aprofundar “trabalhos conjuntos com a OSID” e que, além da doação dos usuários nas contas de energia, a parceria da Coelba poderá se efetivar também através de “um trabalho mais específico, ligado à assistência energética”.

Parceria – A diretora presidente do Grupo Neoenergia, Solange Ribeiro, e o diretor presidente da Coelba, José Roberto de Medeiros, acompanhados pela gerente de Eficiência Energética da Coelba, Ana Christina Mascarenhas, foram recebidos nas Obras Sociais Irmã Dulce pela superintendente da OSID, Maria Rita Pontes, e por gestores e líderes da entidade, incluindo o líder de Engenharia Clínica e responsável pelo Programa de Eficiência Energética na instituição, João Salomão, e a assessora de Marketing, Mariana Pimentel. Durante a visita, eles conheceram diversos setores da organização, a exemplo da Unidade de Alta Complexidade em Oncologia (Unacon) Nossa Senhora de Fátima; o Hospital da Criança, Hospital Santo Antônio e o Centro de Acolhimento à Pessoa com Deficiência João Paulo II, além do Memorial Irmã Dulce e o Santuário da Bem-Aventurada Dulce dos Pobres, onde está sepultado o corpo da religiosa baiana. Para Maria Rita Pontes, essa foi "uma visita que trouxe muita alegria e esperança, pois Dra. Solange e Dr. José Roberto acolheram com muito carinho e simpatia as nossas demandas e os projetos que pretendemos realizar em parceria. Irmã Dulce está no comando, iluminando esta aliança tão importante para as suas Obras”.

Esta, não é a primeira vez em que a OSID e a Coelba desenvolvem um trabalho em conjunto em favor da missão do “Amar e Servir”. Em 2014, a empresa do Grupo Neoenergia havia investido cerca de R$ 440 mil para fornecer e instalar gratuitamente um novo sistema de aquecimento de água, a partir do aproveitamento solar térmico, para unidades da instituição. O projeto desenvolvido pela área de eficiência energética da Coelba permitiu a instalação de um sistema de aquecimento solar de água mais moderno, que utiliza um back-up elétrico para o suprimento em dias nublados, substituindo os sistemas independentes e antigos de aquecimento de água, onde eram utilizadas resistências elétricas.  Com o projeto, foram beneficiados o Hospital Santo Antônio, o Centro Geriátrico, o Centro de Acolhimento à Pessoa com Deficiência e o Hospital da Criança, representando uma economia significativa no consumo de energia elétrica.

Fundada em 26 de maio de 1959 por Irmã Dulce, a OSID abriga hoje um dos maiores complexos de saúde 100% SUS do país, com 4 milhões de atendimentos ambulatoriais por ano a usuários do Sistema Único de Saúde, idosos, pessoas com deficiência e com deformidades craniofaciais, pacientes sociais, moradores de rua, usuários de substâncias psicoativas e crianças e adolescentes em situação de risco social.