Notícias

OSID recepciona novos residentes

OSID recepciona novos residentes

E foi assim... falando do mais genuíno amor e do verdadeiro valor do serviço prestado ao próximo, que a família Irmã Dulce se preparou em festa para testemunhar esta semana a chegada de 90 novos anjos. Em fina sintonia com o espírito acolhedor de sua fundadora, a OSID deu as boas-vindas aos novos residentes médicos e multiprofissionais da instituição, em evento realizado na última segunda (13) e terça-feira (14), no auditório da Organização Fraternal São José. Promovido pelo setor de Recursos Humanos (RH) das Obras Sociais Irmã Dulce, e contando com a consultoria da psicóloga Azenilda Pimentel, o encontro proporcionou aos novos integrantes da família cenas de música e poesia, de relatos emocionantes e de contato com a história viva de uma casa alicerçada na assistência ao pobre, ao doente, ao menos favorecido.

“É uma alegria participar desse momento que era tão especial para Irmã Dulce. Nós esperamos que muitos que estão aqui de passagem, possam continuar a história da Bem-Aventurada”, disse Maria Rita Pontes, superintendente da OSID.

Para os novos residentes, o rico legado presente na história da organização se soma hoje a inúmeros outros atrativos que fazem da OSID um objeto de desejo para o desenvolvimento de profissionais de diversas áreas. Reconhecido pela excelência de seus preceptores, por uma estrutura física adequada e pelo atendimento humanizado, o Hospital Santo Antônio tornou-se hoje uma referência na área de Ensino em Saúde na Bahia, despertando o interesse de brasileiros de outros estados. Cenário esse que motivou e conquistou a médica Michelle Lino, de Sergipe: “Eu tive cinco opções de hospitais para fazer a minha residência, mas escolhi o hospital de Irmã Dulce porque aqui encontro serviços de referência e uma excelente preceptoria”.

Opinião compartilhada também pelo jovem João Gonçalves, que viu na qualidade do profissional formado pelas Obras o incentivo para lutar por uma vaga na Residência Médica de Cirurgia Geral. “Fui interno de Ginecologia nesta instituição e pude vivenciar de perto a dedicação dos médicos para prestar um serviço de alta qualidade. Tenho certeza que os próximos anos serão de muito aprendizado e espero, ao final da residência, contribuir com esta obra tão bonita”, declarou.

Reunindo religiosos e funcionários das Obras Sociais, a acolhida aos residentes foi marcada ainda por testemunhos de quem, seja há muito ou pouco tempo, já traz enraizado um sentimento de compromisso com a casa do Anjo Bom. Relatos como o de dona Iracy Lordello, voluntária mais antiga da OSID, que no alto de seus 80 anos brindou os recém-chegados com a sabedoria de quem já sabe que “nessa vida não somos nada sem amor”. Para encerrar a recepção festiva, ao final de cada dia de acolhimento, um novo instante de reflexão, desta vez, em visita ao Santuário de Irmã Dulce, onde, diante do túmulo da Mãe dos Pobres, os novos integrantes aproveitaram para fazer orações e prestar homenagens.

Atualmente, a OSID conta com Programas de Residências Médicas em 15 especialidades. Já na área Multiprofissional, a instituição oferece Residência em Atenção à Saúde do Idoso, ofertando anualmente vagas nas áreas de Psicologia, Enfermagem e Fisioterapia. As Obras ainda contam com Residência em Odontologia (Cirurgia e Traumatologia Buco-Maxilo-Facial) na área Profissional de Saúde.