Notícias

Visitas à casa da Bem-aventurada crescem 135%

Visitas à casa da Bem-aventurada crescem 135%

Seja por céu, mar ou terra, cruzando cidades ou oceanos inteiros, eles continuam chegando. Na bagagem, em meio a sotaques e costumes diversos, o mesmo sentimento de gratidão, devoção e respeito a uma das mais belas obras de amor à humanidade. É nesse cenário de chegadas e partidas que as Obras Sociais Irmã Dulce (OSID) comemoram mais um ano de um expressivo incremento no número de visitantes junto ao Memorial Irmã Dulce (MID) e ao Santuário da Bem-aventurada Dulce dos Pobres – localizados no Largo de Roma. Segundo balanço da Assessoria de Memória e Cultura da instituição, o volume de visitas à Casa da Mãe dos Pobres cresceu 135% em 2011 no comparativo com o exercício de 2010.

Ainda de acordo com o levantamento, dos quase 90 mil que passaram pela OSID no ano passado, 5% eram estrangeiros, oriundos, principalmente, de países como Itália, Estados Unidos e Alemanha. No quadro geral, a Bahia respondeu por 55% do fluxo, sendo que fora do estado os principais pólos emissores estão em São Paulo (18%), Rio de Janeiro (12%), Sergipe (9,1%), Pernambuco (9%) e Ceará (8,6%). Desde a beatificação de Irmã Dulce, em maio de 2011, tanto o santuário quanto o memorial dedicados à freira baiana vêm se consolidando entre os principais roteiros do turismo religioso no país.