Notícias

Ministério Público da Bahia homenageia legado de Irmã Dulce

Ministério Público da Bahia homenageia legado de Irmã Dulce

A vida e as obras do Anjo Bom do Brasil receberam homenagens do Ministério Público da Bahia – MPBA, durante a abertura da Semana do Ministério Público 2014, evento que reconhece, entre pessoas e organizações, prestadores de serviços relevantes à sociedade. A superintendente das Obras Sociais Irmã Dulce - OSID, Maria Rita Pontes, recebeu a homenagem das mãos do corregedor-geral do MPBA, Franklin Ourives, e do procurador-geral de Justiça, Márcio Fahel, que presidiu a solenidade realizada na noite da última quarta-feira, no auditório da sede do MPBA, no Centro Administrativo da Bahia.

“Esta é uma homenagem muito importante. Trata-se do reconhecimento do Ministério Público da história de Irmã Dulce e do trabalho das Obras, o que só aumenta nossa responsabilidade em seguir com transparência e credibilidade”, disse Maria Rita, que compareceu a solenidade acompanhada do gestor de Infraestrutura da OSID, Eduardo Senna.

A promotora de Justiça de São Félix, Anna Karina Senna, que participa da Semana do Ministério Público 2014, elogiou a iniciativa em reconhecimento à dedicação da beata aos menos favorecidos: “O centenário de Irmã Dulce não poderia passar sem uma homenagem do Ministério Público da Bahia, tendo em vista que ela, por toda a sua vida, buscou a concretização mínima da cidadania e dos direitos básicos das pessoas que ajudou”.

O legado da Bem-Aventurada Dulce dos Pobres, que se distinguiu pelo trabalho em favor dos mais necessitados, foi homenageado juntamente com outras iniciativas que lutam pela inclusão social, educação e direitos da mulher: o músico Carlinhos Brown e a educadora Amabília Vilaronga Pinho de Almeida receberam a Medalha do Mérito do Ministério Público, pelos relevantes serviços prestados à sociedade; e a Fundação Lar Harmonia, instituição que beneficia famílias carentes, foi agraciada com o Prêmio J.J. Calmon de Passos, que reconhece o trabalho de pessoas e organizações em defesa dos direitos humanos. Na noite de abertura do evento, os homenageados e o público assistiram a uma apresentação da orquestra juvenil Neojibá e à palestra da escritora Regina Navarro Lins, que integra o elenco do programa Amor & Sexo da Rede Globo de Televisão.

 

Foto: Humberto Filho / Cecom-MPBA