Notícias

Irmã Dulce é tema de mesa-redonda

 Irmã Dulce é tema de mesa-redonda

Dentro das comemorações pelo centenário de nascimento da Bem-Aventurada, mais um grande momento para ressaltar o importante legado deixado pela freira baiana: a mesa-redonda 100 Anos de Irmã Dulce: Histórias e Relatos, que acontece no dia 16 de outubro, às 9h, no complexo de cinemas UCI Orient do Shopping Iguatemi, sala 10. O evento – que coloca pela primeira vez Irmã Dulce no cento das discussões para o grande público - terá como convidados o arquiteto Francisco Senna, a jornalista Cleidiana Ramos, a escritora Mabel Velloso e o teólogo frei Vandeí Santana, reitor do Santuário da Bem-Aventurada Dulce dos Pobres. Como mediador do debate, estará o professor e filósofo Antônio Saja.

“O objetivo é promover um diálogo sob diversos aspectos do legado e memória de Irmã Dulce”, explica a artista plástica e arte-educadora das Obras Sociais Irmã Dulce (OSID), Mônica Silva. “Queremos provocar uma discussão global sobre Dulce dos Pobres, com o olhar de cada um dos integrantes da mesa e o público. A beata foi uma mulher à frente do seu tempo, com várias facetas: religiosa, empreendedora, mística, de ação social e mãe dos desassistidos, entre outros papéis”, observa o assessor de Memória e Cultura das Obras Sociais, Osvaldo Gouveia.

Coordenado pela Assessoria de Memória e Cultura da OSID, o evento é aberto ao público, com entrada gratuita. É necessário fazer a inscrição pelo e-mail: mesaredonda.centenario@irmadulce.org.br. Mais informações podem ser obtidas pelos telefones: (71) 3310-1261 / 3310-1115 / 3310-1461.