Notícias

OSID recebe visita do cônsul-geral do Japão

OSID recebe visita do cônsul-geral do Japão

As Obras Sociais Irmã Dulce (OSID) receberam no sábado (04) a visita do cônsul-geral adjunto do Japão em Recife, Tadao Furukawa. Acompanhado do cônsul-geral honorário do Japão em Salvador, Odecil Costa Oliveira, e pelo ex-cônsul do Japão em Salvador e atual conselheiro das Obras, Emilton Moreira Rosa, o diplomata foi recebido pela superintendente da OSID, Maria Rita Pontes; pelo gestor de Infraestrutura, Jorge Vaz; e pela líder técnica do HSA, HC e CMSALP, Cínthia Almeida. Em sua primeira visita à casa do Anjo Bom, Furukawa conheceu um pouco da trajetória de amor e serviço da freira baiana ao percorrer as instalações do Memorial Irmã Dulce. Destaque ainda para a visita às enfermarias do Hospital da Criança e do Hospital Santo Antônio, onde conferiu de perto o atendimento prestado pela entidade à população, em especial, aos menos favorecidos. 

Na ocasião, ao percorrer as unidades de saúde, o cônsul japonês constatou também a necessidade da instituição em adquirir 33 novos monitores multiparamétricos, que são equipamentos essenciais para vigiar em tempo real os dados vitais dos pacientes, apoiando a equipe a qualquer mudança de conduta, além de avaliar se algumas das ações tomadas tiveram sucesso. Atualmente, a OSID possui 20 monitores nas UTIs, para atendimento a todo o Complexo Roma. Contudo, há uma carência de máquinas que fiquem na central de equipamentos críticos, para que possam ser utilizadas nas enfermarias de todas as unidades.

Encantado com a dimensão dos serviços prestados pela OSID e com a dedicação de seus profissionais, o cônsul prometeu estudar formas de apoiar a organização, levando a demanda até o governo japonês. “Fiquei impressionado com as Obras. Esse hospital tem uma grande equipe, além de ser bastante limpo e organizado. Todos se esforçam muito para tratar bem os pacientes. Pessoalmente, quero ajudar e pretendo levar essa demanda para Tóquio”, afirmou. Após uma parada no Dulce Café, os visitantes seguiram até o Santuário da Bem-Aventurada, onde fizeram orações ao lado do túmulo de Irmã Dulce.