Notícias

Maria Rita Pontes recebe Medalha do Mérito Oswaldo Cruz

Maria Rita Pontes recebe Medalha do Mérito Oswaldo Cruz

A superintendente das Obras Sociais Irmã Dulce (OSID), Maria Rita Pontes, recebeu ontem (dia 27), no Palácio do Planalto, das mãos do presidente da República, Michel Temer, do ministro da Saúde, Ricardo Barros, e do ministro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha, a Medalha do Mérito Oswaldo Cruz. Concedida pelo Ministério da Saúde, a honraria é destinada a homenagear pessoas e instituições com atuação destacada no campo das atividades científicas, educacionais, culturais e administrativas pelos resultados benéficos à saúde de milhares de brasileiros.

“Estamos hoje aqui fazendo uma justa homenagem àqueles que nos ajudaram a construir uma trajetória de transformação, de ousadia, de mudanças no Sistema Único de Saúde que serão permanentes. Mudanças feitas para modernizá-lo, torná-lo mais eficiente e entregar melhor qualidade de saúde ao cidadão”, destacou o ministro Ricardo Barros na abertura da cerimônia. “É uma satisfação recebê-los nesta solenidade, pois estamos homenageando brasileiros que se destacam na promoção do bem-estar e da qualidade de vida de nossa gente. Nossas gratidões pelos serviços prestados à causa da saúde em nosso país”, salientou o presidente Michel Temer no encerramento do evento.

“Só tenho uma palavra a dizer no dia de hoje: gratidão. Não só por essa homenagem, mas por tudo que o ministro Ricardo Barros tem feito pelo setor filantrópico, o qual eu aqui bem represento, porque as Obras Sociais Irmã Dulce possuem 954 leitos totalmente dedicados ao SUS. Nesses 25 anos de ausência de Irmã Dulce permanecemos firmes na missão do Amar e Servir, de atender a pessoa mais carente. As Obras Sociais só têm crescido, graças a Deus, com o apoio do Governo Federal, Estadual e Municipal. Somos o SUS, que se dedica com amor, procurando ajudar cada vez mais essa população carente”, declarou emocionada Maria Rita, que aproveitou a ocasião para reforçar junto ao ministro o pedido da doação do aparelho de ressonância magnética à OSID, equipamento que irá beneficiar milhares de pessoas na Bahia. “Como Irmã Dulce sempre dizia, ‘um prêmio tem que estar atrelado a um bem material’, então reforço aqui o nosso pedido da ressonância magnética. Somos um hospital de ensino e precisamos da ressonância”.    

A Medalha do Mérito Oswaldo Cruz, que tem inspiração no grande cientista, médico e sanitarista Oswaldo Cruz pela sua capacidade inovadora e relevantes contribuições à saúde pública, teve também entre as dezenas de personalidades, autoridades e instituições homenageadas os médicos Drauzio Varella e Fábio Jatene; o jornalista Alexandre Garcia; a diretora da Organização Pan-Americana da Saúde, Carissa Etienne; a presidente da Fundação Oswaldo Cruz, Nísia Lima; a Força Aérea Brasileira e a Rede Sarah de Hospitais de Reabilitação.