Notícias

Obras Irmã Dulce lançam Código de Ética

Obras Irmã Dulce lançam Código de Ética

As Obras Sociais Irmã Dulce (OSID) lançaram oficialmente ontem (14) o seu Código de Ética, que tem como objetivo orientar a conduta profissional de todos os colaboradores da instituição, servindo, principalmente, como referência para as decisões a serem tomadas, das mais simples até as mais estratégicas. A ferramenta, que é um dos braços do Programa de Compliance e Integridade da OSID, traz orientações a respeito do ambiente institucional, responsabilidades pessoais, conflito de interesses, responsabilidade ambiental e relações com o público externo (usuários, fornecedores, parceiros, etc.), entre outros temas. O lançamento do Código de Ética das Obras aconteceu na Organização Fraternal São José, com a presença de gestores, líderes e coordenadores da instituição, além de convidados, e contou com palestra do consultor José Guimarães, que ministrou o treinamento para o grupo. Todos os profissionais das Obras vão passar por treinamento e receberão um exemplar do documento. O Código de Ética também está disponível no site da OSID (www.irmadulce.org.br), na aba Institucional / Programa de Integridade.

“Somos uma instituição que se preocupa com a melhoria contínua. Vejo esse programa como uma força nossa. Nós temos a cultura, mas é preciso fortalecer essa força. Irmã Dulce com certeza iria abraçar o Compliance”, declarou a superintendente das Obras Sociais, Maria Rita Pontes. Na carta de apresentação do Código de Ética, Maria Rita coloca que “Irmã Dulce, nossa fundadora, foi uma pessoa ética na sua essência e a OSID, como sua extensão, é uma organização que acredita e pratica princípios éticos na sua relação com pacientes, funcionários e com a sociedade em geral”. O texto também salienta: “De fato, nossas posturas, atitudes e ações devem estar sempre pautadas na ética, na integridade, no respeito e no comprometimento. Compromisso esse que ganha contornos ainda mais significativos diante da nobre missão do Amar e Servir, que diariamente traduzimos no atendimento prestado ao pobre, ao doente, ao mais necessitado”.

“O Programa de Compliance e Integridade contempla a revisão de alguns procedimentos e a elaboração de outros, como a Política de Brindes e o Código de Ética, com a finalidade de disponibilizar o conhecimento necessário aos profissionais para a realização das suas atividades em conformidade com a ética e a legislação aplicável – nada que os profissionais não pratiquem atualmente. Só estamos sistematizando o Programa para toda a instituição, bem como treinando todos os envolvidos”, afirmou a assessora institucional da OSID e coordenadora do Compliance, Sandra Rejane Ohlweiler.

A assessora da Estratégia e Qualidade das Obras, Patrícia Mendonça, destacou que “a construção do Código de Ética representa uma grande conquista para a OSID, sobretudo por promover o fortalecimento da imagem e da missão da organização”. “O Código corresponde a uma das principais iniciativas de prevenção ao comportamento antiético ou ilícito nas relações internas ou externas à organização. Assim sendo, ele é medida que ratifica o compromisso de todos - que compõem a organização ou que com ela se relacionam - com os valores éticos que são tão preciosos para a OSID”, frisou.

“É fundamental que todos estejam permeados nessa implementação do Programa de Compliance com a finalidade de estabelecer um paradigma cada vez maior de excelência na gestão, de credibilidade na reputação do ponto de vista interno e externo. Esse é um grande diferencial de gestão, de implantação e também de qualificação dos serviços e do fornecimento de uma assistência médica de alto nível preocupada com a administração, com o combate à corrupção e também com a credibilidade. Para mim é uma satisfação muito grande participar desse projeto com as Obras Sociais Irmã Dulce, que têm profissionais tão comprometidos com a ética, integridade e com a gestão de melhorias”, comentou José Guimarães, que está prestando consultoria de forma voluntária para a OSID.