Notícias

Moradora da OSID é a primeira idosa na Bahia a receber a vacina contra o novo Coronavírus

Moradora da OSID é a primeira idosa na Bahia a receber a vacina contra o novo Coronavírus

Lícia Pereira Santos, 86, moradora do Centro de Geriatria e Gerontologia das Obras Sociais Irmã Dulce (OSID), foi a primeira idosa na Bahia a receber a vacina contra o novo Coronavírus. Além dela, também receberam a imunização a enfermeira do Hospital Couto Maia, Maria Angélica de Carvalho;  o médico do SAMU, Uenderson Barbosa; e a representante indígena, Deysianne Tuxá.

O ato simbólico, que marcou o início do plano de imunização contra a Covid-19 no estado, aconteceu nesta terça-feira (19), no Santuário Santa Dulce dos Pobres. Participaram do evento o governador da Bahia, Rui Costa; o prefeito de Salvador, Bruno Reis; o secretário estadual da Saúde, Fábio Vilas-Boas; o secretário municipal da Saúde, Léo Prates; o superintendente do Ministério da Saúde, Glauber Almeida; e a superintendente das Obras Sociais Irmã Dulce, Maria Rita Pontes.

Após a cerimônia no Santuário, a equipe de imunização aplicou a vacina em mais 46 idosos da morada do Centro de Geriatria da OSID. “Hoje é um dia histórico e de muita alegria. Nosso desejo é que a vacina chegue para todos, para que possamos trabalhar com mais segurança e que a vida possa voltar ao normal”, comemorou Maria Rita.

Nesta primeira fase de vacinação, serão imunizados, prioritariamente, os profissionais de saúde que atuam diretamente na assistência aos pacientes com Covid-19, além de idosos com idade acima de 74 anos e que estão em instituições de longa permanência e em asilos. Durante o evento, o prefeito da capital baiana alertou que a população, nesse momento, não deve se dirigir aos postos de saúde para tomar a vacina. “Ainda não temos vacinas em quantidade. O que temos hoje são 42 mil doses para imunizar parte dos idosos e parte dos profissionais de saúde e a prefeitura irá fazer a imunização in loco”, ressaltou Bruno Reis, que também comemorou o início do plano de vacinação. “Hoje é um dia histórico para todos nós. As primeiras doses da vacina representam a fé e a esperança de dias melhores. Que Santa Dulce dos Pobres siga nos protegendo e abençoando”.

Além de Salvador, diversos municípios do interior receberam nesta terça-feira as doses da vacina para iniciar a imunização. Emocionado, Rui Costa destacou o papel da solidariedade e da cooperação entre os homens para garantir que a vacina chegasse. “Hoje não é o início da vacinação em massa, porque ainda não temos vacina suficiente. Mas esse momento nos emociona porque, a partir de agora, podemos enxergar uma luz no fim do túnel. E gostaria de enfatizar a importância da parceria entre os homens, entre os países, entre as nações. Nesse momento de sofrimento da humanidade, nós vemos o quanto é importante a solidariedade humana”.

Nós usamos cookies em nosso site para oferecer a melhor experiência possível. Ao continuar a navegar no site, você concorda com esse uso. Para mais informações sobre como usamos cookies, veja nosso Aviso de Privacidade.