Notícias

História do Anjo Bom vira peça encenada por crianças

História do Anjo Bom vira peça encenada por crianças

Além das telas dos cinemas, a história de amor e fé do Anjo Bom do Brasil vai ganhar também os palcos. Com estreia no dia 7 de outubro, na Biblioteca Infantil Monteiro Lobato (BIML), a peça "Nossa Doce Dulce" já chega trazendo um encanto a mais: é totalmente encenada por crianças. O elenco é formado pelos 12 alunos da Companhia de Teatro BIML, meninos e meninas com idade de 8 a 12 anos. Inspirado no livro "Irmã Dulce dos Pobres", de Maria Rita Pontes, superintendente das Obras Sociais Irmã Dulce (OSID) e sobrinha da freira, o espetáculo, dirigido por Sérgio Mício, será apresentado durante todas as terças e quintas-feiras de outubro (exceto dia 16), sempre às 15h. Haverá ainda uma sessão extra no dia 12 (domingo), às 11h, em homenagem ao Dia das Crianças. A entrada é 1 kg de alimento não perecível, que será doado para a OSID.

Admirador de Irmã Dulce, o diretor Sérgio Mício revela que o centenário de nascimento da beata embalou sua vontade de levar a trajetória da Bem-Aventurada para os palcos. “Irmã Dulce é um ser iluminado, evoluído, uma figura especial e muito importante para a sociedade, que veio para prestar caridade e ajudar as pessoas. É um belo exemplo de força, garra e dedicação que merece ser contado de todas as formas. Estou muito feliz em poder encenar a história dela com crianças, que representam a pureza assim como ela. Trabalhar com o elenco infantil também é uma maneira de aproximá-la das novas gerações. O espetáculo está bem lúdico e poético”, informa Mício, que idealizou a peça juntamente com a diretora da BIML, Rosane Rubim.

Narrada pelo personagem Santo Antônio, "Nossa Doce Dulce" conta a trajetória da beata baiana do nascimento à idade adulta, destacando passagens marcantes da sua vida, como o resgate de crianças nas ruas, o arrombamento de casas para alojar os desabrigados e a ocupação do galinheiro do convento com 70 doentes, episódio que deu início à implantação das Obras Sociais Irmã Dulce. O carinho pela boneca Celica e a admiração pelo time Ypiranga também são mostrados na peça. 

SERVIÇO

Espetáculo "Nossa Doce Dulce"

  • Onde: Biblioteca Infantil Monteiro Lobato (Praça Conselheiro Almeida Couto, Nazaré).
  • Quando: Todas as terças e quintas de outubro (exceto dia 16), sempre às 15h. Apresentação extra no dia 12/10 (domingo), às 11h.
  • Quanto: 1 kg de alimento não perecível para as Obras Sociais Irmã Dulce
  • Realização: Fundação Pedro Calmon