Notícias

Missa campal marca início da construção da Unidade de Radioterapia das Obras Sociais Irmã Dulce

Missa campal marca início da construção da Unidade de Radioterapia das Obras Sociais Irmã Dulce

Nesta sexta-feira (dia 04 de outubro), às 8h30, será celebrada a Missa em Ação de Graças pelo lançamento da pedra fundamental da Unidade de Radioterapia Nossa Senhora de Fátima, o mais novo serviço de saúde das Obras Sociais Irmã Dulce (OSID). A celebração acontecerá no antigo campo de futebol do Sesi (Serviço Social da Indústria), terreno localizado ao lado da sede da OSID, no Largo de Roma (entrada pela Avenida Luís Tarquínio). A cerimônia marcará o início da construção da nova unidade de tratamento do câncer da instituição. Presidida por Frei Mário Erky, capelão das Obras, a missa campal será aberta ao público e vai contar com as presenças de profissionais, voluntários, pacientes e moradores da OSID, além da presidente das Voluntárias Sociais da Bahia, Fátima Mendonça. Com inauguração prevista para junho de 2014, o novo núcleo terá mais de 1.700 metros quadrados de área construída, 10 consultórios, 18 leitos e modernos aparelhos. A programação festiva também irá marcar a passagem do dia de São Francisco de Assis, santo conhecido como “protetor dos animais”, com a realização, ao final da missa, da já tradicional bênção dos animais.

Histórico – O sonho das Obras Sociais Irmã Dulce por mais espaço para ampliar os serviços de saúde oferecidos à população começou a ganhar impulso em novembro do ano passado, quando, ao participar da inauguração de uma sala de cirurgia na instituição, o secretário de Atenção à Saúde, Helvécio Magalhães, garantiu a aquisição de um acelerador linear para o futuro serviço de radioterapia da OSID. O Governo do Estado, por sua vez, assumiu a construção do centro. Mas faltava o local para instalação da unidade.

Então, no dia 13 de novembro, profissionais, voluntários, moradores, alunos, pacientes e religiosos das Obras marcharam do Santuário da Bem-aventurada em direção ao campo de futebol localizado ao lado da instituição, que foi ocupado pacificamente. O desejo era para que o local, pertencente ao Sesi, abrigasse uma futura unidade para tratamento do câncer. Uma missa campal chegou a ser realizada no terreno, no dia 20 de novembro, marcando a primeira semana da ocupação do espaço e tendo como inspiração da palavra a esperança por uma solução imediata para o impasse.

O movimento ganhou também a adesão do ministro da Saúde, Alexandre Padilha, que esteve em visita à OSID e ao campo de futebol no dia 1º de dezembro, ocasião em que ressaltou o apoio do governo federal à implantação do centro de radioterapia a partir da doação do terreno às Obras, reafirmando ainda o convênio para a aquisição do acelerador linear.

Já no dia 04 de janeiro de 2013, em solenidade no gabinete da Governadoria, o governador Jaques Wagner assinou um decreto que declarou o campo de futebol do Sesi como área de interesse público, tendo em vista sua doação às Obras Sociais Irmã Dulce. O decreto de desapropriação do campo foi então publicado na edição de 13 e 14 de abril de 2013 do Diário Oficial do Estado, declarando de utilidade pública o terreno de 9 mil metros quadrados e destinando-o à OSID. Enfim, no dia 13 de julho, a entrega das chaves do campo de futebol às Obras simbolizou o fim do processo de doação do terreno, abrindo as portas para a construção da Unidade de Radioterapia da instituição.